Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

domingo, 9 de março de 2008

Não às mágoas

Para não ficar triste, magoada e ofendida, que dos meus familiares e amigos eu nunca espere as palavras que quero ouvir nem os carinhos que necessito ter, mas que procure avidamente as palavras que devo dizer e os carinhos que devo dar.

Hermínia Nadais

Sem comentários: