Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Meditação!


Costumamos chamar piedosa uma pessoa que anda muito pelas igrejas e pratica muitos actos de piedade ou oração, mas muitas vezes esses actos, isolados do resto da vida, podem acabar por se tornar rotineiros e até demonstrar um certo “beatismo” torpe que não tem nada a ver com a verdadeira Piedade, dom de Deus que, tal como a Fé, nasce e vai crescendo no mais íntimo de cada coração.
A Piedade, no seu misterioso conjunto, vai muito além de todas as possíveis demonstrações exteriores e banais, porque a Piedade é, ou melhor, “tem de ser a expressão do Deus Amor na minha vida, tem de ser a forma como eu vivo mais ou menos intensamente o Amor de Deus em mim! É o como eu, em todos os meus momentos, me relaciono comigo mesma, com Deus e com o próximo, amando, antes de tudo, esta criatura de Deus que sou eu mesma querendo o melhor para mim que é o amar a Deus porque é Pai e Senhor e ao próximo que são as criaturas que Deus me apresenta como irmãos, com intensidades semelhantes, tal como o próprio Jesus nos ensinou… pois o próximo é a imagem de Deus junto de mim, e ‘quem diz amar a Deus que não vê e não ama o próximo que vê é mentiroso’.
Se Deus é Amor, Caminho, Verdade, Vida e Felicidade… o melhor para mim é o Amor - Deus. E é na medida em que eu praticar o amor, ou seja, na medida em que eu viver de Deus e com Deus, que eu vou conseguindo crescer como pessoa (que é o melhor para mim) – ‘Dai-me homens que vos darei cristãos.’
Então, para praticar o amor, terei que ir beber à fonte de onde jorra o Amor, mantendo com Deus um diálogo (oração) constante praticando actos de piedade, mas em paralelo procurando também obter um maior e mais profundo conhecimento de DEUS através do estudo e meditação da Sua Palavra, para, dessa forma, poder obter a força capaz de espalhar amor pelos homens com palavras e atitudes bem palpáveis nas minhas acções e vivências diárias.”
Fátima, é um lugar de Piedade por excelência, pois é um dos lugares mais favoráveis ao verdadeiro encontro do homem com Deus, e só com um verdadeiro encontro com Deus o homem ou a mulher, a pessoa, poderá levar uma vida de verdadeira Piedade, onde o amor desinteressado e altruísta esteja na génese de todo o seu modo de viver.
Não interessa parecer, é urgente ser, o mundo está cada vez mais cansado de aparências e mais carente de realidades!
A Palavra de Deus diz-nos claramente que virão muito do oriente e do ocidente e se sentarão à mesa do Reino e muitos próximos da mesa ficarão de fora, porque não basta andar pela igreja, é urgente ser IGREJA, vivendo da misericórdia de Deus e procurando encher a vida com a prática DESSA misericórdia junto de quem connosco convive.

Sem comentários: