Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

domingo, 15 de agosto de 2010

A VIDA É UMA FESTA


Esta é uma expressão muito corrente em muitas pessoas. Eu não sei se poderei concordar ou não. Para compreender a vida como uma festa temos que considerar a festa com todas as implicações que dela possam advir.
Antes de mais teremos de preparar a festa, ou seja, o aparecimento da vida, e a esta parte, muito teremos a rever.
Quantas vidas desejadas e estragadas de mimos exagerados e mal encaminhados que na maior parte dos casos acabam por conduzir ao abismo; quantas outras indesejadas e aceites por obrigação, que com ou sem amparo, acabam por carregar sempre consigo, consciente ou inconscientemente, as causas desses princípios; e quantas nem sequer chegam a ver a luz do dia, porque cabeças hediondas e egoístas lhes dão fim antes que se lhes veja o princípio.
A vida é uma festa! Claro, agora teremos que ver os pormenores do decorrer da festa. Há as festas com tão bom planeamento e cumprimento de planos que delas saem as maiores venturas e alegrias… há aquelas que são muito bem delineadas mas ninguém lhes dá atenção, e dão insucessos; há as festas cujos planos não são levados a cabo; e há ainda as que correm mal, com acidentes de percurso que deixam marcas indeléveis.
A vida é uma festa! Pois! Claro que a vida é uma festa, se conseguirmos aprender a viver de tal modo que nos alegremos com os sucessos, aprendamos com os dissabores, contornemos as intempéries, façamos dos momentos asquerosos e de crise profunda escolas de verdadeiro saber e escadas de crescimento no mundo invisível da verdadeira sabedoria.
Claro que isto não é possível a nenhum ser mortal sem uma grande ajuda do ALTO. Que neste dia da Celebração Festiva da Assunção de Nossa Senhora ao Céu ela nos proteja com o SEU Manto Maternal junto do Seu Divino Filho, pois essa protecção aliada ao nosso querer ser protegido… isso sim… fará da nossa vida, ainda que com chatices e problemas incompreensíveis, uma verdadeira festa!

Sem comentários: