Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

segunda-feira, 30 de maio de 2011

APRENDI!...



Sim!
Hoje aprendi
que a Virgem
é Rainha absoluta
do mundo
dos corações
dos crentes
e das tumultuosas
desilusões
dos mais descrentes
do povo que ama a cruz
e daquele que só de nome
conhece o bom Jesus
do que entra neste recinto
para se encontrar
consigo e com o irmão
e do resmungão
empoeirado
e renegado
que não consegue
ouvir
nem entender
o bater
do seu próprio coração
na ilusão de ser
o melhor que há no mundo
no egoísmo mais torpe
mais cego
e mais profundo...

Aprendi
que todos
aqui
prostrados
dobram o joelho
para orar
a Ti
ó Virgem Mãe
que a todos acolhes
sem cessar
com Teus lábios
que não se cansam
de pedir
com Teus ouvidos
que não se cansam
de ouvir
com Teus olhos
que não se cansam
de chorar
ou de sorrir
e com Teus braços
que não se cansam
de abraçar.

No "Recinto de Fátima"

domingo, 29 de maio de 2011

Felicidade!...



A felicidade conquistada
Neste mundo em que vivemos
Não nos virá das riquezas
Mas do bem que nós fazemos.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Paciência e tolerância...

Precisamos tolerância
Paciência e muito amor
Para conseguirmos um mundo
Mais humano e bem melhor!


domingo, 8 de maio de 2011

Homicidas...

Os maiores homicidas são os que conseguem matar-nos… sem sentirmos… no nosso corpo… o que chamamos de morte.