Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

NO SENTIDO DA VIDA... Jesus, a Palavra de Deus!

Os ensinamentos que orientaram o Povo Israelita e de que a Bíblia Sagrada nos fala no Antigo ou Primeiro Testamento, e até mesmo no Novo ou Segundo Testamento, revelam-nos que Jesus é a Palavra de Deus encarnada, o Deus presente ao homem das mais diversas formas e que dá sentido à história narrada na Bíblia! Sem Jesus nem a Bíblia nem a vida poderão ter qualquer sentido!
A Bíblia não é um livro sagrado feito pelo céu e caído do céu, é uma narrativa imensa da história do Deus que fala e do homem que escuta, com cerca de mil e muitos anos, que tem de ser lida e compreendida tendo em atenção a época e o contexto em que foi escrita, para poder ser meditada convenientemente.
Quando se fala da Palavra de Deus, o Deus que fala e sobretudo o povo que escuta, faz-se Revelação, revive-se a história de Deus com o homem.
A Palavra de Deus é Deus que se faz Palavra, comunicação, história. O centro da história é Jesus, que não veio trazer nada de novo ao mundo, mas refazer o que o mundo tinha perdido para lhe dar outra vida mostrando-lhe da forma mais concreta possível o verdadeiro sentido dessa mesma vida - Deus.
Jesus era um homem completamente humano. O Pai do Céu, Deus, revela-se um Humano perfeito no Seu filho Jesus de Nazaré, Homem humano e divino. O humano e o divino não são opostos, completam-se. Adam – Adão, o primeiro homem foi retirado da terra. Jesus, o novo Adão, veio do céu para trazer o céu ao homem.
O pecado apareceu porque o homem era (e ainda é) radicalmente livre.
Falar do pecado e do mal é obra das nossas mãos, e tudo o que é obra do homem está sujeito à caducidade e tende a acabar. O que não faz parte do projecto criador de Deus acabará.
Jesus veio ensinar-nos a viver libertos do pecado. O pecado introduz desordem e  incomunicabilidade, por isso, não faz parte da lógica de Deus nem da lógica do Homem, porque é desumano, e tudo o que é desumano vai contra Deus Criador e contra o Homem, criatura.
Jesus/Deus está comprometido connosco para vencer o mal, o desumano, o pecado.
Esperar a vinda de Jesus é buscar o encontro profundo com ELE para viver segundo a Sua Palavra.

Jesus, que nasceu na história dos homens para lhes mostrar a verdadeira forma de viver, anseia agora nascer na vida de cada pessoa para a ajudar a vencer dificuldades e a ser melhor a cada dia tornando-se cada vez mais uma com ELE através da Sua graça, para, assim, fazer da vida um eterno Natal. 
HN

3 comentários:

Maria José Rezende disse...

Que você tenha no olhar, o encantamento da vida.
Que você tenha no coração, a plenitude do amor.
Que você possa sentir a presença de Deus, da paz, do amor e do perdão.
Que você acredite na beleza da vida, nos sonhos e na esperança.
Um feliz Natal e um Ano Novo com muita luz.
Beijos. Maria José

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

Dada a quadra que atravessamos, hoje

é só para lhe enviar os meus votos de

FELIZ NATAL.

As minhas mais cordiais saudações

suruka disse...

E... em todos nós haja Natal.
Para a D. Hermínia Nadais
uma excelente quadra festiva.
bj