Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

segunda-feira, 19 de março de 2012

Efetivamente só

Efetivamente só…
busco-me em vão
nas agruras da vida!

 Meu coração oprimido e cansado
anseia pela sua regular forma de estar
retalhado em pedaços
dispersos pelos mais dispares atalhos
chorando desolado
pelos deleitosos momentos de paz
que não consegue vislumbrar
alcançar
segurar
e  reaver.

Até quando…
este irregular
e estranho jeito de estar
e de viver!

Hermínia Nadais 

2012/03/19 – 21.54h

Sem comentários: