Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

FELICIDADE!



A Ti que andas nesta terra

sofrendo as dores da agonia

procurando a felicidade

nas horas do dia-a-dia



não precisas de correr

ou saltar daqui para ali

porque a felicidade

tem que estar dentro de ti



abre bem teu coração

ao “Amor” do bom Jesus

e terás felicidade e paz

vida de graça e de luz

Hermínia Nadais



Sem comentários: