Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

domingo, 30 de agosto de 2015

AMIGOS!



Não sei que dizer aos meus amigos e amigas nem como lhes pedir desculpa.
Senti um certo desconforto pela falta de comentários já faz muito tempo, e lembro que fui mesmo um tanto destratada por um comentário anónimo.
Entretanto, surgiram algumas dificuldades, o tempo começou a escassear e, com muita pena minha, mas raras vezes visito os blogues dos amigos; o tempo não tm chegado!
Ontem, aproveitando as explicações do meu neto mais novo (9 anos) acabou por se desfazer toda a minha confusão!
Como percebo muito pouco de informática, não dei conta de que os comentários passaram a aparecer na parte social, e como não abria esse tipo de emails, estavam lá!
Fiquei muito triste por não me ter apercebido em tempo útil, pois tinha lá comentários de 2013!
A todos e todas o meu muito obrigada e as minhas desculpas.
Logo que se proporcione visitarei os vossos maravilhosos espaços que raramente tenho visitado e formularei novos pedidos de desculpa!
Acreditem que tenho muitas saudades vossas!
Desejo-vos o melhor do mundo e da vida!
Beijinhos a todos e todas!
Hermínia Nadais

2 comentários:

Jaime Portela disse...

Pois é, os comentários aparecem em dois lados.
Um com o e-mail do comentador (um para cada comentáruio) e outro sem o e-mail do comentador (podem aparecer "a monte" na mesma mensagem...
Mas todos podem ser vistos nos comentários do blogger, onde se moderam os comentários (o melhor mesmo é visitar os que quiser a partir dessa lista).
Hermínia, saudações poéticas e boa semana.

Jaime Portela disse...

Voltei para ver as novidades.
Espero que o seu problema esteja mais que ultrapassado...
Tenha um óptimo fim de semana.
Abraço poético, minha querida amiga Hermínia.