Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

quinta-feira, 1 de maio de 2008

SER LIVRE



Ser livre é ser
como
a pomba a voar,
o pássaro a cantar,
a árvore a crescer,
a água a correr,
a folha a baloiçar,
o vento a assobiar
e a semente a nascer.

Ser livre é ser
como toda a natureza
mostrando sua beleza
seu encanto sem igual!...

Ser livre é ser
como sonhos irreais
com encantos sorriais
que nunca podemos ter...

Ser livre é ser
como é uma criança
que com toda a confiança
se atira aos braços da mãe...

Ser livre é ser
amigo de toda a gente
próxima ou mesmo ausente
e nunca prejudicar...
é perdoar quando ofendido
e ver no outro um amigo
custe isso o que custar!...

Hermínia Nadais

4 comentários:

nile santos disse...

Olá amiga.Adorei a poesia.bjitos.nile.

Bonecas da Filó disse...

“Ser mãe é aguardar o momento de ser avó, para renovar as etapas da emoção, numa dimensão diferente de doçura e entendimento.”
Feliz dia da Mãe

Anónimo disse...

Bemerkenswert, diese wertvolle Mitteilung cialis preiswert kaufen cialis rezeptfrei [url=http//t7-isis.org]levitra generika[/url]

marlene thiesen disse...

LINDO SEU CANTINHO, PARABENS