Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Nascer! (click aqui e acenda a nossa árvore de Natal - enfeite-a de luzes)

Entre tachos e panelas
aspirador panos e pó
netinhos queridos
que não podem estar só
enquanto os pais lutam
pela sobrevivência
nesta dura vida
em que o amanhã
longe ou perto
é cada vez mais incerto.


do que mais gosto, ler e escrever
vaguear por espaços cibernéticos
que me enchem o coração
visitar doentes e velhinhos
que esperam consolação
distribuir palavras e sorrisos
aconchegar corações
cheios de aflições
bocas silenciosas
a quem o mundo faz emudecer
maldades e desigualdades
que fazem estremecer
medos e degredos
que fecham caminhos
e entravam subidas
desesperos desanimados
insatisfações 
e humanas desumanidades
que urge corrigir
para que o mundo possa, enfim
dar as mãos e ressurgir…


tudo o que tanto amo
faz  tempo
que tem passado a outro plano
um desengano assumido com prazer
que a cada momento me alenta e faz nascer


a todos Feliz Natal
com amor paz e perdão
e um ano 2012
cheio de consolação

HN


9 comentários:

Maria disse...

Minha amiga que mensagem maravilhosa de Natal. Hoje venho especialmente para desejar um Feliz Natal. O Natal é tempo de amor e amizade, de perdão e benevolência, de generosidade e carinho, de alegria e união. Que a magia e luz do Natal, consigam prevalecer no coração dos homens ao longo de todos os dias do ano, para que seja sempre NATAL.
Boas Festas e que o Novo Ano seja pleno de alegria, saúde, paz e amor.
Beijinhos
Maria

Irene Alves disse...

Boas Festas minha querida amiga para
si e a sua Família.
Beijinho
Irene

* Ave.Lys * disse...

Querida Amiga

Em noite de Natal venho desejar que passe cem Amor e Pax este tempo de (RE)nascimento. E tal como referi na minha resposta ao seu comentário, agradeço do fundo do coração toda a força que me transmite segurança, equilíbrio, e o aconselhamento sempre cheio ternura e paciência.Grata a si. Muito!

Feliz NATAL no coração.
Que o BABA derrame as suas Bençãos sobre si e família.
Sempre...
ETERNAMENTE
Mariz

Silenciosamente ouvindo... disse...

Minha amiga agora que passou o Natal
eu venhor desejar, apesar da crise,
o melhor ano de 2012 para si e sua
Família.
Tudo de bom.
E que continuemos a ser boas
amigas.
Um grande beijinho
Irene

AFRICA EM POESIA disse...

um natal cheio de luz e paz que jesus faça renascer o coração dos homens
um beijinho

Fernanda disse...

Feliz Ano Novo, amiga Hermínia.
Façamos por isso convictamente e conseguiremos na medida em que nos for possível.

Beijinhos

Anónimo disse...

Querida amiga

No meu comentário onde se lê "cem" deveria ler-se: "com".
Como sabe sou uma trapalhona a teclar, e para reforçar este onde escrevo, está a dar as últimas. Vamos ver se se aguenta por mais um tempinho porque "a coisa...está preta"! - como dizem do outro lado do oceano.
Reparei que tem novas amizades que até então nunca as tinha visto antes por aqui. Acho bem...é sempre necessário "alargar horizontes" se é que eles nos levarem a algum lado bom e sobretudo profícuo - ou seja que nos ensinem algo mais que NOS "acrescente"! É essa sempre a dúvida que se nos coloca, até ver...(?)

Abraço meu de sempre com o habitual carinho desde há muito tempo...
Mariz

Hermínia Nadais disse...

Olá amiga!
Eu compreendi a troca de letras, coisas que acontecem facilmente!
Quanto aos novos amigos, os blogues têm disto, uns amigos se vão e outros vão chegando.
Todos deixam marcas, uns mais que outros. E o que for bom, vive-se, o que for mau está estragado e deita-se fora, mas com respeito pelas pessoas que, mesmo com ideias e comportamentos errados, merecem todo o respeito e têm o direito de ser como são!
Coisa chata, chata mesmo, mas para termos paz terá de ser mesmo assim.
Obrigada por todos os seus trabalhos e cuidados, tudo de bom para si, Beijinhos fofos e longos,
Hermínia

Anónimo disse...

Amiga minha

Passei por cál li os seus comentários aos meus que deixei o que agradeço e me enchem sempre de satisfação pelo que leio - e isto não tem nada a ver com "egos" mas sim com espírito - mas reparei que a faixa da direita tinha desaparecido e passado para o final do blog ou seja ultimo post.
Isto também me aconteceu algumas vezes no meu, e tem a ver, com as imagens que se coloca em cada post que o blogger há já algum tempo só assume uma ou quanto muito 2 imagens por cada post e mesmo assim há modelos que nem isso...se calhar este é um deles. Tentei fazer o que pude, mas a minha amiga deverá retirar uma imagem entre as outras que escolher ficar para ver se assim a barra da direita volta ao seu lugar normal.
Como calculará não vou mezer naquilo que publica, quanto muito opino sobre o que sei - ali fui descobrindo ao londo do tempo e indagando também.
Não são os desenhos da direita que justificam a alteração do aspecto, mas sim as imagens de cada post em si. Porque isso tentei e voltei a tentar no meu blog e a coisa estava sempre bem. Tentei ainda diminuir nas "definições" a quantidade de post, mas nada resultou. Portanto são imagens a mais colocadas nos posts. Peço que faça isso para se ver o que realmente se passa.
Deixo beijocas com caramelo para serem mais doces - a época também contribui.

Ternamente
Mariz