Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

Na frescura dos meus anos, vagueio confiante pela estrada do tempo; escrevo, observo e recordo

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Encontros


O encontro amoroso na obscuridade luminosa do silêncio, escondido, é uma necessidade de todo o homem e de toda a mulher, que, quando não consegue encontrar-se, assim, a sós com Deus, poderá acabar por cair num sem número de encontros, desregrados, com outros homens ou outras mulheres, adulterando, desse modo, o que deverá ser a verdadeira e harmoniosa relação humana, na paz, amor e união fraterna.

1 comentário:

angel disse...

Felizes aqueles que no final do dia lembram-se de dar um dedinho de prosa com o aquele que tudo criou. Agradecer o dia com todas as coisas, boas ou más. As boas serviram para nos dar alento e as más para nos dar força.
Um abraço
angel